quarta-feira, 12 de agosto de 2015

SEUS DEDOS DOEM QUANDO VOCÊ TOCA ?



Se você está lendo este artigo, as pontas de seus dedos devem estar doloridas agora, não é? Então confira mais esse post...

Se eu puder te confortar, diria que esta parte de seu aprendizado é uma das melhores. 

Onde agora você pode estar sofrendo um pouco, porém daqui pra frente os resultados serão muito satisfatórios.

Depois de um tempo esta dor irá sumir, os calos ficarão como a marca de seu esforço e dedicação.

CALEJANDO OS DEDOS



Os calos são áreas de pele endurecida que se desenvolvem como resultado de irritação da pele, caso sua pele esteja sendo posta a fricção ou a pressão constante. 

A parte do corpo que contém mais calos nos seres humanos são os pés, devido ao caminhar.

Nós músicos violinistas ou guitarristas desenvolvemos calos nas pontas dos dedos principalmente por tocar o instrumento por um longo período de tempo, onde as cordas precisam ser fortemente pressionadas para obtermos o som desejado.


A DOR FAZ PARTE DO PROCESSO


Embora você esteja sofrendo e sentindo dores ardentes nas pontas de seus dedos, entenda que não existe outra maneira melhor e mais natural de desenvolver calos nos dedos do que tocando violão, ou guitarra. 

Ainda que esteja doendo tenha em mente que é somente dessa maneira que você irá ficar bom e de uma forma rápida e saudável. 

Quando a ponta de seus dedos começar a ficar marcada pelas cordas e começar a ficar dormente saberá que os calos estão sendo desenvolvidos.


CUIDE BEM DOS SEUS CALOS
 
Não mergulhe as mãos em água por muito tempo. Água suaviza a sua pele, então isso significa que para manter os calos você deve tomar alguns cuidados extra como por exemplo, lavar a louça.

Caso tenha que lavar a louça ou as suas roupas, por exemplo, tente usar uma luva de látex. Ela evita o contato da sua mão direto com a água e também com os produtos de limpeza.




Caso você tenha que passar um final de semana em uma praia ou um clube o contato é inevitável com a água e você acabará perdendo os calos.

Mas não se preocupe, divirta-se! Depois você pode recuperá-los tocando novamente. Claro que a dor vai voltar mais uma vez (rsrs...), mas o importante é que você pode se divertir sabendo que pode sempre recuperar os calos.
 


Outra dica, é não utilizar cremes ou hidratantes nas mãos, caso as mãos estejam secas e você aplique um hidratante eles irão agir diretamente no calo.




Não use estas colas que algumas pessoas e alguns professores recomendam usar na ponta dos dedos como Super Bonder, por exemplo. Elas não trazem benefício algum para o desenvolvimento dos seus calos além de mancharem seu violão.




Siga as recomendações acima e você estará no caminho certo para endurecer a ponta de seus dedos e desenvolver calos mais rapidamente!

Basicamente, a quantidade de tempo que leva para desenvolver calos em seus dedos é reconhecida a partir do momento que você não sente mais dor ao tocar. 

POR QUANTO TEMPO TEREI DE SUPORTAR A DOR ?

 




Todo aquele que aprende a tocar guitarra ou violão tem que lidar com os dedos doloridos no início.

Há coisas que você pode fazer para reduzir a dor, mas por sua vez, seus calos vão se formar de forma mais lenta, então você está, basicamente, prorrogando o período de dor.

 
ALGUMAS FORMAS DE ALIVIAR A DOR

Caso você esteja tocando guitarra, ou violão com cordas de aço, e você queira realmente aliviar a dor, você pode trocar o calibre das cordas do seu violão ou guitarra, por um calibre mais leve, eles são mais macios para tocar do que os de tensão média e de calibre pesado. 


Para quem tem um violão com cordas de nylon a dor é menor. Pois as cordas são mais macias e leves de tocar.

Você também pode diminuir  o tempo de treino e práticar mais vezes ao dia.

Digamos que você tem o costume de praticar todo dia durante 1 hora e meia.

Nesse caso, você pode treinar 30 minutos na parte da manhã, mais 30 minutos da parte da tarde e mais 30 minutos a noite, por exemplo.

Tenha em mente que a dor vai desaparecer completamente com a prática e que este seja o seu lema:

"Quanto mais dói hoje, menos vai doer amanhã!"

Um abraço e até a próxima.



Thiago Cunha (Professor particular formado em Linguagem e Estruturação Musical pela EM&T - Escola de Música e Tecnologia)

Nenhum comentário :

Postar um comentário

POSTAGENS MAIS ACESSADAS

VÍDEOS DO YOUTUBE

Loading...